RSS 

Comunicados

  • 03 de dezembro de 2022Nota de Pesar pela morte de Jill Jolliffe
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Nota de Pesar pela morte de Jill Jolliffe
    É com enorme consternação e grande pesar, que o Governo da República Democrática de Timor-Leste recebeu a notícia da morte de Jill Jolliffe, jornalista australiana que dedicou grande parte da sua vida a acompanhar a luta pela libertação nacional de Timor-Leste.
    Jill Jolliffe faleceu ontem, dia 2 de dezembro, de insuficiência cardíaca.
    A jornalista testemunhou as primeiras incursões de tropas indonésias em Timor-Leste em setembro de 1975 e relatou as mortes dos cinco jornalistas em Balibo.
    Em 1978, publicou o seu primeiro livro “East Timor: Nationalism and Colonialism”.
    Em 1994, ela entrou nas montanhas de Timor-Leste vinda da Indonésia para encontrar o líder guerrilheiro Nino Konis Santana. Ela foi capturada pelos militares indonésios, mas, apesar disso, conseguiu concluir o seu documentário "Blackade".
    Em 1998, ganhou o Logie Award pelo documentário “Death in Balibo”, sobre a morte dos cinco jornalistas mortos em Balibó.
    Foi correspondente da Nation Review, Reuters, The Guardian, The Sunday Times, The Age, Sydney Morning Herald e da BBC.
    A 20 de setembro de 2014, foi agraciada com a Medalha da Ordem de Solidariedade de Timor-Leste, como símbolo de gratidão e agradecimento pelo seu contributo para a causa timorense.
    O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, em nome de todo o povo timorense, apresenta as suas “condolências à família de Jill Jolliffe e os agradecimentos de uma nação para sempre grata”.
    O Porta-Voz do Governo, o Ministro Fidelis Magalhães, afirmou que Jill Jolliffe nunca será esquecida em Timor-Leste e será para sempre lembrada com grande carinho, admiração e respeito. Neste momento de tristeza, lamentamos a sua morte, mas celebramos o seu contributo. Fim
    ver mais
  • 02 de dezembro de 2022Reunião do Conselho de Ministros de 2 de dezembro de 2022
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Reunião do Conselho de Ministros de 2 de dezembro de 2022
    O Conselho de Ministros reuniu-se no Palácio do Governo, em Díli e aprovou uma alteração ao diploma aprovado pelo Conselho de Ministros na reunião de 9 de novembro de 2022, sobre o pagamento extraordinário de um mês de salário adicional. Em resultado da alteração agora aprovada, terão direito ao referido pagamento os funcionários e agentes da Administração Pública (com contrato administrativo de provimento), bem como os trabalhadores da Administração Pública contratados a termo certo com salário inferior a 500 dólares americanos e que não prestem atividade profissional nos gabinetes ministeriais.
    ....
    Foi também aprovado o projeto de Decreto-Lei, apresentado pelo Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, para a criação da Unidade de Missão de Combate ao “Stunting” (nanismo).
    A Unidade de Missão para Combate ao “Stunting” terá como missão proceder à elaboração do Plano Nacional de Combate ao “Stunting”, proceder à execução das medidas que neste se encontrem previstas, contribuir para a informação e esclarecimento da população sobre as causas e as consequências do “stunting”, mobilizar a população em geral para a adoção de comportamentos preventivos do “stunting”, apoiar as atividades de tratamento e mitigação do “stunting” e assegurar a coordenação dos órgãos e serviços administrativos em matéria de combate ao “stunting” e à malnutrição infantil.
    Esta unidade, em coordenação com os demais órgãos e serviços administrativos relevantes, será responsável pela elaboração de um Plano de Ação de Combate ao “Stunting” em Timor-Leste, bem como pela execução das medidas que no mesmo se encontrem previstas.
    Face  à natureza multidisciplinar e plurisectorial das ações que terão que ser empreendidas ficará na dependência do Primeiro-Ministro. A Unidade de Missão para o Combate ao “Stunting” extingue-se em 31 de dezembro de 2024.
    ….
    O Conselho de Ministros aprovou o projeto de Decreto do Governo, apresentado pelo Ministro Coordenador dos Assuntos Económicos, Joaquim Amaral, que aprova o valor da remuneração dos Titulares dos Órgãos, dos Trabalhadores, e das senhas de presença a pagar aos membros do Conselho Consultivo da Agência de Promoção de Investimento e Exportação de Timor-Leste, I.P. (TradeInvest).
    Este Decreto do Governo define uma remuneração mensal ilíquida de 5.000 dólares americanos para o Diretor Executivo da TradeInvest e uma remuneração mensal ilíquida  de 2.500 dólares americanos para o Fiscal Único da TradeInvest.
    Os membros do Conselho Consultivo da TradeInvest têm direito a receber uma senha de presença, por cada reunião do órgão que integrem, no valor de 150 dólares americanos. Só há lugar ao pagamento da senha de presença quando a reunião durar pelo menos quatro horas.
    ….
    O Conselho de Ministros deliberou propor a Sua Excelência o Presidente da República a atribuição da Ordem de Timor-Leste, grau Medalha, ao Senhor Peter Roberts, ex-Embaixador da Comunidade da Austrália em Timor-Leste.
    O Conselho de Ministros entende que a ação diplomática desenvolvida pelo Embaixador Peter Roberts, enquanto Chefe da Missão Diplomática da Comunidade da Austrália em Timor-Leste, teve um contributo muito significativo em benefício do país e dos timorenses, nomeadamente: o papel fundamental por si desempenhado na consolidação e estreitamento das relações de amizade e cooperação estabelecidas entre o Estado Timorense e o Estado Australiano; a sua intervenção para a concretização dos apoios concedidos pelo Estado Australiano ao Estado Timorense no combate à pandemia da doença COVID-19 e na resposta e assistência às vítimas das inundações que assolaram Timor-Leste no dia 4 de abril de 2021; a sua ação e empenho que permitiu garantir o apoio do Estado Australiano na execução de algumas das medidas previstas no Plano de Recuperação Económica e o reforço do apoio do Estado Australiano no âmbito da capacitação e formação de recursos humanos timorenses, nomeadamente através do Australian Pacífic Training Coalition.
    ....
    O Conselho de Ministros deliberou autorizar o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, Abrão Saldanha, a assinar o Acordo-quadro de cooperação no âmbito do desporto entre o Ministério da Educação, Juventude e Desporto da República Democrática de Timor-Leste e o Instituto Nacional de Desportos, Educação Física e Recreação da República de Cuba.
    No seguimento do convénio de cooperação assinado entre os dois países em 2011, propõe-se agora a celebração de um novo acordo com o objetivo de fortalecer e ampliar as áreas de cooperação no âmbito da atividade física e do desporto.
    ….
    O Conselho de Ministros, conforme o projeto apresentado pelo Ministro das Obras Públicas, Abel Pires da Silva, deliberou aprovar o procedimento de aprovisionamento para o contrato público de serviços de supervisão da construção de sistemas de água e saneamento nas capitais dos municípios de Lautém, Manufahi e Viqueque. O contrato público no valor de 6,5 milhões de dólares americanos, visa assegurar a supervisão da construção dos sistemas de abastecimento de água potável e de saneamento às populações dos referidos municípios.
    ….
    O Conselho de  Ministros deliberou autorizar o Ministro das Finanças, Rui Augusto Gomes, a celebrar três acordos:
    1.     um Acordo de Financiamento com a Austrália e a Export Finance Australia relativo ao projeto “Timor-Leste Airport Facilities Project”. Este acordo prevê uma contribuição financeira, da Austrália a Timor-Leste, no valor de 28,36 milhões de dólares americanos e a contratação de um empréstimo no valor de 45 milhões de dólares americanos, com um período de maturidade de 25 anos, para financiar o projeto de desenvolvimento do Aeroporto Internacional Presidente Nicolau Lobato.
    2.     um acordo de contribuição financeira com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) relativo ao projeto “Improvement of Equipment for Disaster Risk Reduction and Recovery”. Este acordo prevê uma contribuição financeira, da JICA a Timor-Leste, no valor de 801 milhões de ienes (cerca de 5,7 milhões de dólares americanos), para financiar a aquisição de bens e serviços para melhoria de equipamentos para redução do risco de desastre e recuperação.
    3.     um acordo de contribuição financeira com a o Banco Mundial relativo ao projeto “Timor-Leste COVID-19 Response and Health System Preparedness”. Este acordo prevê uma contribuição financeira, do Banco Mundial a Timor-Leste, no valor de 5 milhões de dólares americanos, para financiar a implementação do programa de vacinação contra a COVID-19 e o fortalecimento da capacidade do sistema de saúde para a preparação para emergências sanitárias e o fornecimento de serviços de saúde essenciais.
    ….
    Seguiu-se a apresentação, também pelo Ministro das Finanças, das opções político-legislativas subjacentes à iniciativa de criação da Comissão Nacional de Aprovisionamento, I.P..
    ….
    O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak e a equipa da ANPMA fizeram duas apresentações ao Conselho de Ministros relativas à do Quadro Nacional de Planeamento Integrado de Médio Prazo e da Revisão Nacional Voluntária (VNR) sobre os progressos de Timor-Leste na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda 2030. FIM
    ver mais
  • 01 de dezembro de 2022Governo expressa condolências pelo falecimento do ex-Presidente chinês Jiang Zemin
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Governo expressa condolências pelo falecimento do ex-Presidente chinês Jiang Zemin
    Foi com profundo pesar que o Governo de Timor-Leste recebeu a notícia da morte do ex-Presidente da República Popular da China, Jiang Zemin, aos 96 anos.
    Jiang Zemin morreu nesta quarta-feira, dia 30 de novembro de 2022, em Xangai, de leucemia e falência múltipla de órgãos.
    Foi Presidente da República Popular da China entre 1993 e 2003 e Secretário-Geral do Partido Comunista Chinês de 1989 a 2002.
    Na sua carta dirigida à Presidência da República de Timor-Leste, por ocasião da Restauração da Independência Nacional, em maio de 2002, Jiang Zemin lembrou a que “a tradicional amizade entre o povo da China e o povo de Timor-Leste remonta a tempos remotos”, fruto de “intercâmbios e cooperação nos campos político, económico, comercial e outros”, e manifestou a sua vontade “para trabalhar incansavelmente para promover constantemente os laços de boa vizinhança e amizade e a cooperação entre a China e Timor-Leste”.
    O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, destacou “o seu papel na abertura da China ao mundo e aos mercados globais, conduzindo à transformação do país numa potência mundial”.
    O Porta-Voz do Governo, o Ministro Fidelis Magalhães, em nome do Conselho de Ministros e de todo o Governo, apresenta as suas “sinceras condolências ao Governo chinês e a todo o Povo da República Popular da China, em especial a toda a comunidade chinesa em Timor-Leste”. FIM
    ver mais
  • 28 de novembro de 2022Nota de Pesar pela morte de Francesc Vendrell
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Nota de Pesar pela morte de Francesc Vendrell
    Foi com grande pesar que o Governo da República Democrática de Timor-Leste recebeu a notícia da morte do diplomata catalão Francesc Vendrell, ex-Representante Pessoal Adjunto do Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), profundamente envolvido nas negociações que conduziram à realização da consulta popular de 20 agosto de 1999 e à autodeterminação do povo timorense.
    Francesc Vendrell, nascido em Barcelona em 1940, morreu este domingo, dia 27 de novembro de 2022, em Londres, aos 82 anos.
    Em 2019, na sua visita ao país para as comemorações do vigésimo aniversário da Consulta Popular, Francesc Vendrell recebeu a Medalha da Ordem de Timor-Leste, condecoração que lhe havia sido atribuída em 2009.
    Vendrell ingressou no corpo diplomático da ONU, em 1968, onde foi representante pessoal do Secretário-Geral das Nações Unidas nos processos de paz em El Salvador e Nicarágua (1989-1991), Guatemala (1990-1992) e Timor-Leste (1999).
    É considerado o funcionário das Nações Unidas que mais tempo acompanhou a questão de Timor-Leste, tendo em 1975 convencido o então sub-Secretário-Geral Tang Ming-Chao a aprovar a realização de um relatório sobre Timor (publicado em 1976).
    O diplomata teve um papel importante na produção das oito resoluções da Assembleia Geral sobre Timor-Leste, aprovadas entre 1976 e 1982, altura em que a questão ia progressivamente desaparecendo da atenção das Nações Unidas.
    Entre 1993 e 1999, dirigiu o departamento da ONU para a Ásia e o Pacífico, tendo estado profundamente envolvido nas negociações entre Portugal e a Indonésia sobre a questão de Timor-Leste, primeiro como conselheiro sénior e depois como Representante Pessoal Adjunto do Secretário-Geral, que culminaram no Acordo de maio de 1999,  a que se seguiu a realização da consulta popular de 20 agosto de 1999 e que conduziu à autodeterminação do povo timorense.
    Após o referendo em Timor-Leste, Vendrell foi nomeado Representante Pessoal do Secretário-Geral para o Afeganistão e depois de se aposentar da ONU, foi nomeado Representante Especial para o Afeganistão pela União Europeia, cargo que ocupou até setembro de 2008.
    O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, destacou que “as suas ações e o seu profundo compromisso com os direitos humanos, com a justiça e com a solidariedade irão permanecer na nossa memória e nos nossos corações”.
    O porta-voz do VIII Governo Constitucional, o Ministro Fidelis Magalhães, em nome do Governo e do povo timorense, apresentou as condolências à família e amigos de Francesc Vendrell e afirmou que “a sua memória ficará para sempre ligada à história de Timor-Leste, pelo seu trabalho incansável para o reconhecimento internacional do direito à autodeterminação do povo timorense”. FIM
     
    ver mais
  • 26 de novembro de 2022Governo manifesta a sua solidariedade com a Indonésia
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Governo manifesta a sua solidariedade com a Indonésia
    O Governo de Timor-Leste apresenta as suas sentidas condolências ao Governo e ao povo da República da Indonésia pelo sismo, com uma magnitude de 5,6 na escala de Richter, que atingiu a ilha indonésia de Java, na passada segunda-feira, 21 de novembro.
    Segundo o último balanço das autoridades indonésias, pelo menos 310 pessoas morreram, 24 estão ainda desaparecidas, mais de 2.000 pessoas ficaram feridas, cerca de 56.000 casas foram danificadas e mais de 62.000 pessoas ficaram desalojadas.
    O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, expressou sentidas condolências às famílias das vítimas e a sua solidariedade com o Governo e povo indonésio por este desastre natural.
    O Porta-Voz do VIII Governo Constitucional, Ministro Fidelis Manuel Leite Magalhães, afirmou que “os nossos sentimentos vão para as famílias que perderam entes queridos e saudamos aqueles que continuam determinados na busca de sobreviventes e no apoio às populações afetadas por esta catástrofe". FIM
     
    ver mais
  • 23 de novembro de 2022Reunião do Conselho de Ministros de 23 de novembro de 2022
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Reunião do Conselho de Ministros de 23 de novembro de 2022
    O Conselho de Ministros reuniu-se no Edifício da Administração Central do Município de Ataúro e aprovou o projeto de ​​Proposta de Lei, apresentado pelo Ministro da Defesa, Ministro da Defesa, Filomeno da Paixão de Jesus, sobre a Lei de Programação Militar.
    Este projeto de Proposta de Lei tem por objeto o enquadramento do orçamento das despesas públicas relativas a equipamento e armamento, com impacto direto na edificação das capacidades militares necessárias à sustentação do Sistema de Forças Nacional e ao cumprimento das missões atribuídas às F-FDTL.
    ….
    Foi aprovado o projeto de Decreto-Lei, apresentado pelo Ministro do Turismo, Comércio e Indústria, José Lucas do Carmo da Silva, relativo ao Regime geral das regras de origem.
    Pretende-se, com este diploma, dotar o ordenamento jurídico nacional de um regime geral de regras de origem que, respeitando a legislação aduaneira existente, defina os princípios gerais das regras de origem, estabeleça um procedimento geral para a emissão de certificados de origem e crie os organismos necessários à harmonização internacional das Regras de Origem, estabelecendo as bases para a celebração de acordos e/ou tratados internacionais sobre regras de origem que sirvam os interesses de desenvolvimento económico de Timor-Leste.
    ….
    O Conselho de Ministros aprovou o projeto de Decreto-Lei, apresentado pelo Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidelis Manuel Leite Magalhães, referente ao provimento e remuneração dos titulares dos órgãos das pessoas coletivas que integram a Administração indireta do Estado.
    O diploma define quatro escalões de remuneração, consoante a despesa média orçamentada nos últimos cinco anos das respetivas pessoas coletivas públicas e anualmente, até ao dia 31 de janeiro, o Conselho de Ministros, por Resolução do Governo, determina, para esse ano, o escalão das pessoas coletivas públicas abrangidas pelo presente diploma.
    1. A remuneração dos titulares dos órgãos das pessoas coletivas com despesa média igual ou superior a 10 milhões de dólares americanos consiste no valor correspondente a 90% da remuneração do Primeiro-Ministro;
    2. A remuneração dos titulares dos órgãos das pessoas coletivas com despesa média igual ou superior a 5 milhões de dólares americanos consiste no valor correspondente a 80% da remuneração do Primeiro-Ministro;
    3. A remuneração dos titulares dos órgãos das pessoas coletivas com despesa média igual ou superior a 1 milhão de dólares americanos consiste no valor correspondente a 70% da remuneração do Primeiro-Ministro; e
    4. A remuneração dos titulares dos órgãos das pessoas coletivas com despesa média inferior a 1 milhão de dólares americanos consiste no valor correspondente a 60% da remuneração do Primeiro-Ministro.
    Considerando o nível das responsabilidades, o grau de complexidade e exigência das tarefas inerentes ao cargo, os valores correntes praticados no mercado do mesmo setor de atividade, a competência técnica e o currículo académico e profissional do nomeado, pode, para os órgãos de Direção das empresas públicas, estabelecer-se uma remuneração superior aos valores anteriormente referidos, nunca ultrapassando, porém, o valor da remuneração legalmente prevista para o Presidente da República.
    O disposto no presente diploma aplica-se apenas aos titulares dos órgãos nomeados depois da sua entrada em vigor, incluindo os casos em que a nomeação tenha por efeito a renovação ou a recondução em mandatos, ou cargos, anteriormente exercidos.
    ….
    Também apresentado pelo Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, foi igualmente aprovado o Decreto-Lei para a criação do Instituto Público Millennium Challenge Account-Timor-Leste e para aprovação dos respetivos Estatutos.
    Este instituto público, sob tutela do Primeiro-Ministro, deverá funcionar como instrumento de implementação do financiamento a ser doado pela agência governamental americana Millennium Challenge Corporation (MCC), ao abrigo do acordo compacto assinado no passado dia 19 de julho, ficando responsável pela gestão do financiamento e pela coordenação da implementação a ser promovida através das entidades nacionais. A implementação dos projetos será da responsabilidade do Governo, através das entidades nacionais, de acordo com as respetivas competências.
    ….
    Seguiram duas apresentações do Ministro da Administração Estatal, Miguel Pereira de Carvalho relativas às opções político-legislativas subjacentes:
    » à iniciativa de alteração da Lei n.º11/2009, de 7 de outubro, Divisão Administrativa do Território. 
    Pretende-se com esta intervenção legislativa dividir o Posto de Administrativo de Maubara em dois Postos Administrativos (Maubara e Loes) e dividir o Posto de Administrativo de Baucau em três Postos Administrativos (Quelicai, Quelicai antigo e Matebian).
    » à iniciativa de alteração da Lei n.º 6/2006, de 28 de dezembro, que aprova a Lei Eleitoral para o Parlamento Nacional.
    Pretende-se com este projeto incorporar na Lei Eleitoral para o Parlamento Nacional as necessárias alterações para resolver as dificuldades que os cidadãos timorenses no estrangeiro enfrentam para exercer o seu direito de voto, seja por ainda se encontrarem recenseados em território nacional, ou por dificuldades de acesso aos centros de votação. FIM
    ver mais
  • 16 de novembro de 2022Reunião do Conselho de Ministros de 16 de novembro de 2022
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Reunião do Conselho de Ministros de 16 de novembro de 2022
    O Conselho de Ministros reuniu-se no Palácio do Governo, em Díli e aprovou o projeto de Resolução do Governo, apresentado pelo Ministro do Petróleo e Minerais, Víctor da Conceição Soares, para a abertura de áreas para a realização de atividades mineiras e aprovação dos termos de referência do concurso para a atribuição de direitos mineiros para a exploração e produção de materiais de construção em três áreas de concessão.
    Assim, o Governo procede à abertura de áreas no território nacional, para a condução de atividades mineiras, classificadas como minerais industriais, na categoria materiais de construção, tendo em conta as restrições constantes do Código Mineiro.
    Procede-se também à aprovação dos termos de referência para a abertura de concurso destinado à atribuição de direitos mineiros para exploração e produção de materiais de construção nas três áreas de concessão definidas - ribeira de Loes, ribeira de Laclo e ribeira de Laleia.
    .....
    Foi também aprovado o projeto de Decreto-Lei, apresentado pelo Ministro da Administração Estatal, Miguel Pereira de Carvalho, para a quarta alteração ao Decreto-Lei n.º 8/2013, de 26 de junho, sobre o Regime Geral do Programa Nacional de Desenvolvimento dos Sucos, Terceira alteração ao Decreto-Lei n.º 11/2019, de 14 de junho, Orgânica do Ministério da Administração Estatal, Quarta alteração ao Decreto-Lei n.º 3/2016, de 16 de março, primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 4/2022, de 12 de janeiro, e Primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 25/2022, de 19 de maio, Programa Uma ba Ema Kbiit Laek Plus.
    Com o crescimento do PNDS, resultante, em particular, da integração sucessiva de novos e distintos “programas” no seu catálogo de projetos e atividades, revela-se necessário proceder a modificações e aperfeiçoamentos, quer na estrutura organizacional de apoio ao programa PNDS, como nos critérios, procedimentos e sistemas que regulam os apoios concedidos para os projetos de infraestruturas de interesse coletivo (PNDS) para a atribuição de habitações sociais (UKL) e para a distribuição de materiais de construção (UKL+), apoios atualmente regulados por critérios autónomos de identificação e seleção de beneficiários, procedimentos distintos, e por uma distinta repartição de responsabilidades e funções entre órgãos, serviços e organismos intervenientes nos referidos “programas”.
    Assim, altera-se o Decreto-lei n.º 8/2013, de 26 de junho, com o objetivo de definir e consolidar legislativamente as regras que governam a atribuição dos apoios concedidos pelo Estado no âmbito do PNDS. FIM
    ver mais
  • 11 de novembro de 2022Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros de 11 de novembro de 2022
    Presidência do Conselho de Ministros
    VIII Governo Constitucional
    .............................................................................................................................
    Comunicado de Imprensa
    Reunião Extraordinária do Conselho de Ministros de 11 de novembro de 2022
    O Conselho de Ministros reuniu-se no Palácio do Governo, em Díli e aprovou o projeto de Decreto-Lei que procede à 3.ª alteração ao Decreto-Lei n.º 26/2021, de 26 de novembro, sobre as medidas excecionais e temporárias de vigilância sanitária de resposta à pandemia da doença COVID-19.
    Com esta alteração, as medidas excecionais são prorrogadas por mais 120 dias. FIM
    ver mais
1 2 3 4