Timor-Leste participa no 3.º Fórum de Energia da Ásia e do Pacífico

O Secretário de Estado da Eletricidade, Água e Saneamento, Santos Noronha, participou no 3.º Fórum de Energia da Ásia e do Pacífico (APEF3, acrónimo em inglês), realizado em Banguecoque, na Tailândia, nos dias 19 e 20 de outubro de 2023. O evento teve como tema “Construir um futuro energético seguro, sustentável e interligado para a Ásia e o Pacífico”. 53268333342 a138cedc32 c 300x200 Timor Leste participa no 3.º Fórum de Energia da Ásia e do Pacífico

O APEF3 é uma plataforma ministerial estabelecida para promover a cooperação regional na área da segurança energética e no uso sustentável da energia na Ásia e no Pacífico. Este fórum reúne os vários países-membros em busca de soluções para desafios de segurança energética e para promover o desenvolvimento sustentável.

Durante o APEF3 os participantes analisaram os progressos alcançados na realização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 7 (Energia acessível e limpa) na região da Ásia-Pacífico e na implementação da Declaração Ministerial sobre Cooperação Regional na Transição Energética para Sociedades Sustentáveis e Resilientes na Ásia e no Pacífico, adotada no Segundo Fórum de Energia da Ásia e do Pacífico, em 2018.

Nas suas intervenções, durante o evento, o Secretário de Estado da Eletricidade, Água e Saneamento, Santos Noronha, enfatizou que “Timor-Leste alcançou progressos significativos na sua busca pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”. Nesse sentido, destacou que “uma das estratégias nacionais para acelerar a implementação dos ODS” passa pela “redução do custo da energia, na melhoria da fiabilidade e na transição para fontes de energia renovável”. Ressaltou ainda que “esta mudança não apenas é amiga do ambiente, mas também pode revelar-se economicamente benéfica a longo prazo”.

Apesar de “Timor-Leste ainda enfrentar desafios devido à falta de capacidade humana, infraestruturas e instalações para acelerar o setor de energia renovável em todo o território”, o Governante assumiu o compromisso do IX Governo Constitucional “em continuar a investir em fontes de energia renovável para diversificar o setor energético, reduzir a dependência dos óleos pesados, os custos de produção de eletricidade e proteger o ambiente”.

Santos Noronha informou ainda que já foram realizados “estudos de pré-viabilidade para investigação do potencial de energia renovável para cerca de 450 MW a partir da energia eólica, energia solar fotovoltaica e hídrica, que ainda não foram plenamente utilizados” e que “o Governo de Timor-Leste lançou 100 MW de Painéis Solares e Sistema de Armazenamento de Energia como Produtor Independente de Energia em 2023”.

 

url: http://timor-leste.gov.tl?lang=pt&p=34931