Timor-Leste e Austrália assinam novo memorando de entendimento para o Programa Laboral do Pacífico

O Governo de Timor-Leste, através do Secretário de Estado da Formação Profissional e Emprego, Julião da Silva, assinou um novo memorando de entendimento com o Governo da Austrália para o Programa Laboral do Pacífico (PLS – Pacific Labour Scheme). Este programa irá permitir que anualmente mais de mil trabalhadores timorenses possam trabalhar, durante três anos, nas áreas rurais da Austrália e preencher as lacunas de mão-de-obra existentes nestas regiões. O novo memorando foi assinado no dia 3 de abril de 2019, na instalações da Secretaria de Estado.

Além de Timor-Leste, participam neste programa, iniciado em 2018, as Fiji, Kiribati, Nauru, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga, Tuvalu e Vanuatu. O PLS complementa o atual Programa de Trabalhadores Sazonais que, desde 2012, tem fornecido mais de 33 mil empregos sazonais a trabalhadores do Pacífico e de Timor-Leste.

O Programa Laboral do Pacífico permite por um lado que cidadãos timorenses adquiram conhecimentos e experiência de trabalho e por outro permite que os empregadores Australianos tenham acesso a mão de obra de confiança.

Na reunião de 20 de março o Conselho de Ministros concedeu plenos poderes ao Secretário de Estado da Formação Profissional e Emprego para a assinatura deste memorando de entendimento.

Julião da Silva, na sua intervenção, apelou aos jovens “para frequentarem os centros de formação para elevar as suas capacidades e conhecimentos de forma a poderem competir neste mercado de trabalho”.

url: http://timor-leste.gov.tl?lang=pt&p=21594