Seminário sobre o papel da comunicação social no desempenho da cobertura e supervisão das finanças públicas

Decorreu no dia 3 de abril a sessão de abertura de um seminário de valorização para jornalistas de Timor-Leste, sobre “As Instituições Superiores de Controlo e o Estado de Direito Democrático: o Papel da Comunicação Social”. Este seminário realiza-se no âmbito do projeto “Parceria para a Gestão e Supervisão das Finanças Públicas”, (PFMO – Public Financial Management and Oversight), em coorganização com o Consultório da Língua Portuguesa e em coordenação com a Secretaria de Estado da Comunicação Social (SECOMS). O Seminário irá decorrer até ao dia 12 de abril, no Centro Cultural da Embaixada de Portugal.

O PFMO envolve várias entidades timorenses e pretende contribuir para o desenvolvimento sustentável em Timor-Leste, através do reforço do planeamento, gestão, monitorização, auditoria, responsabilização e supervisão das finanças públicas, com vista a uma prestação de serviços públicos mais eficaz, íntegra, transparente, responsável e orientada para o cidadão.

Esta ação de formação e divulgação, visa divulgar o conhecimento dos jornalistas sobre o modelo de gestão e supervisão das finanças públicas, através do conhecimento do estatuto, funções e papel das instituições superiores de controlo no País e identificar o papel e o trabalho dos jornalistas e dos órgãos de comunicação social no desempenho da cobertura e supervisão das finanças publicas.

Esta formação tem como objetivos gerais analisar o sistema de democracia e Estado de direito e as autoridades de auditoria no País e reconhecer os principais desafios dos meio de comunicação social em garantir um serviço informativo aos cidadãos de forma isenta, legalmente independente e transparente, construindo sinergias e partilha com as autoridade de auditoria, criando assim oportunidades para potenciar o apoio deste atores em garantir acesso as informações oficiais sobre as políticas publicas, segundo o previsto na Lei e na Constituição da Republica.

Neste Seminário vão participar cerca de 30 jornalistas da imprensa escrita, rádio, televisão, jornalismo digital e assessores de comunicação, sendo dirigida pela UIC- Camões, com a participação de formadores timorenses e internacionais, oriundos de diversas áreas profissionais, designadamente especialistas do Parlamento Nacional, Câmara de Contas, Centro de Formação Jurídica, Conselho de Imprensa, Organizações da Sociedade Civil, Órgãos de Comunicação Social e Consultores Especialistas em questões ligadas à gestão e supervisão das finanças públicas.

No evento de abertura participaram o Chefe de Gabinete da Secretaria de Estado para a Comunicação Social, Júlio Gonçalves, o Embaixador de Portugal em Timor-Leste, José Pedro Machado Vieira e a representação da Delegação da União Europeia em Timor-Leste.

url: http://timor-leste.gov.tl?lang=pt&p=21553