Governo prepara-se para apresentar novamente o Programa ao Parlamento Nacional, no respeito pela democracia e estabilidade

Primeiro-Ministro

VII Governo Constitucional

.............................................................................................................................

Díli, 20 de outubro de 2017

Governo prepara-se para apresentar novamente o Programa ao Parlamento Nacional, no respeito pela democracia e estabilidade   

O VII Governo Constitucional está a preparar um novo Programa para apresentar ao Parlamento Nacional, após a rejeição, pela oposição, ao Programa apresentado no dia 10 de outubro. O Primeiro-Ministro, Mari Alkatiri, garante, desta forma, que tudo fará para elevar a Nação a uma situação prometida pelos líderes históricos durante os árduos anos de luta.

Com o novo Programa, que será apresentado em simultâneo com o Orçamento Retificativo até ao final do ano, o Governo garante, mais uma vez, que tudo fará para dar ao Povo um futuro mais digno, “num Timor-Leste mais inclusivo, justo e próspero”.

Perante a maturidade da população, que, apesar da situação vivida ontem no Parlamento, mantém a calma e a paz, o Governo assume o seu compromisso de gerir o Executivo de acordo com a Constituição da República.

A aprovação da moção de rejeição ao Programa, pelas três bancadas da oposição maioritária no Parlamento Nacional, representa mais um momento de crescimento desta jovem democracia, num país empenhado em respeitar os valores fundamentais, que o Governo serenamente aceita. A democracia não será dirigida por outros valores que não os mais elevados. Esta posição já valeu a Timor-Leste o reconhecimento internacionalmente e, no que depende do Governo, irá manter-se. FIM

   Topo